(Falta de) Sexo na gravidez

23/06/2009 blogdagravida
Tags: , , ,

Tirem as crianças da frente do monitor que hoje o assunto é SEXO.

Neeeeem adianta se animar, colega, sossega o facho por que,  na verdade é sobre falta de sexo. De falta de vontade de fazer sexo. Broxante, né?

SexoNaGravidezJá ouviu falar naquela história de que mulher grávida vira ninfomaníaca, ataca o marido (ou seja lá quem for) duas ou três vezes por dia? Meu marido já ouviu e acreditou. Tadinho, mas logo descobriu que é tudo lenda. Tenho até uma teoria de como tal lenda surgiu: foi inventada por uma mulher que queria muito engravidar, mas o marido não estava de acordo. Para convencê-lo, ela mentiu e afirmou que gravidez aumenta a libido da mulher. Claro que o marido topou na hora ter quantos filhos ela quisesse parir.

Pior é que o cara deve ter cobrado isso da mulher a gravidez toda. Pior nada. Bem feito pra danada, que teve de pagar caro pela invenção. Infelizmente, as outras grávidas que sucederam aquela mentirosa cara-de-pau também pagaram a conta e continuam pagando até hoje. Como eu. Aliás, não como (se é que você entende * risadinha maliciosa *).

Como toda regra, claro que há exceções e imploro a elas que não se manifestem. Sejam solidárias à grávida assexuada que vos escreve e não entupam minha caixa postal com histórias pervertidas de como transaram como doidas durante a gravidez. Contar dinheiro na frente de pobre é maldade.

Meu marido apareceu aqui semanas atrás com uma revista Pais&Filhos, todo sorridente. Estava achando tão lindo, romântico e fofo ele lembrar de mim e trazer presente quando o tarado apontou uma das chamadas de capa da revista: “Pesquisa revela que gestação pode ser afrodisíaca”. Pedi para ele concentrar na palavra principal daquela frase. “Hmmm…hehehe…afrodisíaca?”, perguntou, já me agarrando. “Não“, empurrei o afoito. “A palavra-chave aqui, cara-pálida, é PODE. Isso quer dizer que nem sempre é assim. Aliás, quase nunca é. Pode e não pode ser, entendeu?”. Não gostou, mas entendeu. A reportagem foi a derradeira tentativa de despertar em mim o desejo tarado de transar enlouquecidamente durante a gravidez. Falhou, como todo o resto (melhor não entrar em detalhes sobre  todo o resto, fico vermelha só de lembrar).

Ô, dó! Imagino o que meu amado está passando. Desde que casamos a coisa sempre ferveu. Apaixonados de corpo, alma e chantilly. Tarada por ele, ele por mim. Aqui ninguém nunca havia passado vontade. Era um tal de fazer matinê e depois repetir à noite. Perdi as contas de quantas vezes um acordou o outro no meio da madrugada (e quem era despertado nunca reclamava).

Mas atentem para o tempo verbal: “ninguém nunca havia passado vontade”. Agora tem alguém que passa vontade todo dia. E não sou eu (se é que você me entende *risadinha irônica*). Fingir que tô a fim, não finjo. Não tenho vocação pra atriz, muito menos do estilo pornôgravidezsexo.

Fiquei preocupada com a queda repentina de interesse por sexo, ainda mais que estava contaminada pela noção errônea de que as grávidas são ninfomaníacas. Passei as primeiras semanas inteiras esperando baixar em mim essa sanguessuga sexual de marido e nada. “Baixa neste corpo que te pertence, sua tarada barriguda”. Nada. Comprei lingerie nova, acendi velas cheirosas, vi filme erótico. Nada. Ne-nhu-ma vontade de por isso naquilo e aquilo naquela outra. Daí coloquei lá na listinha de coisas que não podia esquecer de perguntar pra médica na segunda consulta: “Por que eu não tenho mais vontade de dar para aquele homem lindo, gostoso e apaixonado, que eu amo tanto? Me salva, doutora!”

Mais uma vez minha paciente médica (entendeu o trocadilho? paciente…médica..ai que bobagem..) abriu um sorriso compreensivo e carinhoso. “Seu corpo, sua mente, seu coração, você inteira está voltada para uma única missão: gestar um novo ser. É normal não sobrar espaço para nenhum outro interesse na sua vida. Sem falar na confusão hormonal que acontece.” Ela explicou ainda que essa história de grávida ninfomaníaca não é tão verdadeira quanto as pessoas pensam, depende muito de cada mulher, do quanto a gravidez foi desejada, de fatores psicológicos, físicos, dos hormônios, etc. E jurou que relatos como o meu são muito mais comuns no consultório dela. (Ahá, mas claro, né, só faltava alguém chegar no consultório reclamando que não aguenta mais tanta vontade de fazer sexo…)

Além do mais, lembrou que no início da gravidez é praticamente impossível ter desejo em meio àquela confusão de náuseas, sonolência, dor nos seios, enjoos, mau humor, vontade de chorar, fadiga. Quando tudo isso passa, a barriga já cresceu e aí vai ficando cada vez mais complicado achar posição confortável, agir com naturalidade, aceitar que a cinturinha desapareceu e se sentir sexy na calcinha tamanho G (100% algodão). calcinhaextraG


Claro que meu marido entendeu tudo, por que é compreensivo e apaixonado. Mas, em todo caso, invoquei a sagrada promessa do passado: “Fiel na tristeza, na alegria, na saúde, na doença… viu, amor? Em nenhum momento foi prometido algo como ‘farás sexo durante a gravidez’, né?” Ele entende e respeita minha falta de vontade. Assim como entendo o que ele está passando. A gravidez me deixou com muito mais peito, bunda, coxa. Imagina só a situação: o playground foi reformado, parece tão mais colorido e divertido, e ele não tem direito de brincar? Sacanagem, né? Ahá, bem que ele queria que fosse sacanagem. Mas não rola. Hoje pelo menos, não.

Dá pra contar nos dedos da mão esquerda quantas vezes transamos nos últimos quatro meses. Por um lado é bom, por que assim a mão direita  fica livre pra fazer por ele o que eu não faço (se é que você me entende) Nas poucas vezes que tive vontade, não aproveitei como merecia. Fiquei com medo. EU SEI. EU SEI. Não precisa dizer que não tem perigo para o bebê, a não ser em casos específicos, por ordem médica, no final da gestação (por que estimula contrações), blá blá blá. Também li sobre o assunto. O lado lógico do meu cérebro sabe de cor essa lição sobre como sexo na gravidez é saudável, permitido, etc. Mas só na teoria. Na hora da prática fico tensa toda vez que lembro do bebê. Bobagem? Pode até ser, mas na hora não parece. Bem que eu quero, mas não rola um “relaxa e goza”, Marta Suplicy!

Talvez isso mude mais pra frente (prometo que conto aqui se me transformar numa grávida tarada uivando na noite de lua cheia) Mas até lá, a coisa funciona da seguinte maneira:cadeado

-> Muito banho frio (pra ele, não pra mim,né?)

-> Não deixo a mulherada safada e tarada (e não-grávida, portanto) do escritório do marido saber da fase “seca” dele. Lá já fiz questão de divulgar o quanto fiquei insaciável depois que engravidei.

-> Evito sempre que possível que o marido tenha acesso a pesquisas e reportagens que incentivam a lenda da grávida ninfomaníaca. Sem acesso ao Google até o bebê nascer, portanto.

-> Matriculei o marido numa academia  pra ele gastar bastante energia lá e ficar tão exauso e desinteressado em “exercícios físicos” quanto eu. (Pesquisei antes e descobri um horário “seguro”, sem mulheres lindas-suadas-malhadas-disponíveis, por que aí o tiro sairia pela culatra, né? E não seria pela minha culatra, então não pode.)

-> Proibi o marido de ler o blog da LuBrasil, por que se ele vir as fotos do Dia dos Namorados de lá vai achar que toda grávida deve usar lingerie vermelha e fazer sexo selvagem. Como, por enquanto, aqui em casa isso é lenda, melhor restringir o acesso. Em todo caso, se ele acessar o blog,  vou apelar para a teoria de que o casal Brasil não é real, bom demais pra ser verdade. Ou que a Lu é mentirosa compulsiva. Ou que lá no Pará é diferente do resto do país, lá as grávidas transam. (não, essa não é boa, por que ele vai querer mudar pra lá e eu vou morrer de saudade de mainha..)

-> Comprar jogos novos para o Wii e o Playstation pra ele ter com o que brincar enquanto meus brinquedos estão fechados pra balanço

-> Liberar os amigos pra assistir a todos os jogos de todos os campeonatos (até o varzeano) aqui em casa, com direito a salgadinhos, cerveja gelada e muita bagunça.  Assim os amigos retornam de madrugada pra suas casas, totalmente bêbados e fedidos e no dia seguinte meu marido não é o único a reclamar que não transou com a mulher.

About these ads

Entry Filed under: Sexo na gravidez

40 Comments Add your own

  • 1. Juliana  |  23/06/2009 às 8:41

    hahaha… ri demais com o texto!! o pior é que é tudo verdade… e não achar que passa logo não rsrsrs nos primeiros meses do bebê tb é bem complicado… e o medo dos pontos estourarem?? mas depois passa! e volta tudo ao normal… lógico, se o baby não acordar no meio ehehehe

  • 2. Cacau  |  23/06/2009 às 9:08

    Ai meu Deus, cada vez que venho aqui morro de rir…seus posts são tão divertidos!

    Olha na minhas gravidezes (hauahaua) não diminuiu tanto assim, mas na primeira depois que a Bruna nasceu eu não queria nem lembrar que tinha marido! Coitado! Aí sim deu dó…
    Agora eu não to aquela maratonista e tal, no primeiro mês eu fiquei BEM ninfomaníaca, mas depois que começaram os enjoos deu uma baixada… mas é complicado.

    beijooos!

  • 3. Dri Viaro  |  23/06/2009 às 9:16

    Amiga, não é só tu não, é toda mulher grávida viu. Eu fui proibida de fazer bubiça com 6 meses de gravidez, uhuuuuu kkkkkk, adorei né? mas o marido, coitado

    bjssss

    • 4. blogdagravida  |  23/06/2009 às 10:05

      Gente do céu! Quando eu voltar a ser a “eu” antiga (tarada pelo marido) você me explica como é que faz essa tal ‘bubiça’ no marido que eu tô achando que ele vai gostar kkkkk

  • 5. Marcela Macedo  |  23/06/2009 às 10:05

    Adorei teu Blog!! Muito legal mesmo!
    Mas vou t dizer uma coisa… até o 6º mês, vontade “zero”, mas agora q tô quase ganhando e a barriga ñ deixa fazer nada, a vontade veio com tudo…. Vai entender :S rsrsrsrs
    Bjus!!!!

  • 6. Kellen  |  23/06/2009 às 10:13

    Coitado do maridão!!!! rsrsrsrs
    Não deve estar sendo fácil!
    Adoro o jeito que vc escreve. Parabéns pelo post. Muito bom!
    Bjs Gravidinha linda!

  • 7. Maura  |  23/06/2009 às 11:58

    Vou guardar esse post pra mostrar pro meu “mor” quando eu ficar grávida… hehehe! Ótimas as técnicas que vc adotou!
    Um belo dia!

  • 8. Dani.Danilo.Nicholas e Bebê  |  23/06/2009 às 11:59

    Oi menina, já estive por ak mas vc não me curtiu eu acho (kkkk).
    Amei seu post viu?
    Eu tbm tô assim, mas de vez em qdo só, qdo a deprê buxonal, mas tem dias que tô tarada mesmo viu?
    kkkkkk, acho que muda de mulher pra mulher, no início tava sem vontade agora aos 4 meses ela voltou , mas como te falei não é sempre.
    aparece lá comigo.
    beijo

    • 9. blogdagravida  |  23/06/2009 às 13:03

      Ô, flor, por que você diz isso? Por que não curtiria você? Curto tudo o que tem a ver com bebês e grávidas! Volte sempre! Mas vê se não espalha que você tem vontade de transar na gravidez, por que esse tipo de informação pode chegar aos ouvidos do meu marido e ele pode querer exigir o mesmo aqui…não tô phodendo!!! ;P

  • 10. Jane Murback  |  23/06/2009 às 16:43

    HAHAHA, amei o post!
    Te falei que adoro gravidez (dos outros). Tem muito “causo” pra contar.
    Bjo, cuidado com meu twiter que ta virótico.

  • 11. greice  |  23/06/2009 às 20:33

    Adorei o post!! você escree muito bem. O que poderia ser um post resmungão ficou muio engraçado!
    Na minha 1a gravidez eu estava em lua de mel (não que eu tenha casado grávida, é que minha filha nasceu de 5 meses, com 3 kilos!!rs) e eu fiquei sim beeeeem disposta.
    Mas na 2a, já com uma filha pra cuidar e com várias pequenas complicações, sem chances… re-virginei….

    • 12. blogdagravida  |  23/06/2009 às 20:34

      Demorou pra alguém vir jogar na minha cara que fez muito sexo na gravidez…demorou! kkkkk Nossa! 3 quilos aos 5 meses? Que loucura deve ter sido!!Volte sempre!!
      Ah, mas é um post resmungão! kkkk
      Beijo!

  • 13. Thaty (diretamente das férias)  |  23/06/2009 às 21:18

    Eu não vou nem comentar muito, pq não tive esse problema e vc vai querer editar…rs No começo só o que atrapalhava é que a coisa começava a esquentar e sacolejava demais, era enjôo na certa. Agora o que atrapalha é a barriga. Mas vontade não falta, ainda bem! :-)

    • 14. blogdagravida  |  23/06/2009 às 22:11

      Ai ai ai …mais uma pra vir contar dinheiro na frente de pobre. Ainda bem que meu marido não lê este blog, ou já ía usar esse seu depoimento pra me azucrinar um pouquinho kkkk Boas férias!!!!!!!!!!

  • 15. Lu Brasil  |  23/06/2009 às 22:42

    Mana, tenho metas a cumprir, so te digo isso, kaka.
    E hj niver do marido, eu se oefereci e ele me rejeitou pq ta dodoi. Ui.

    • 16. blogdagravida  |  23/06/2009 às 22:54

      Exibida! ;0P

  • 17. rozinha  |  02/07/2009 às 11:26

    Ahá! Descobri de onde vêm as grávidas ninfomaníacas… Vêm do medo que o maridão caia na rede das não-grávidas, então se espalha o boato de que a grávida está insaciável…
    (-> Não deixo a mulherada safada e tarada (e não-grávida, portanto) do escritório do marido saber da fase “seca” dele. Lá já fiz questão de divulgar o quanto fiquei insaciável depois que engravidei.)

    é um barato seu blog.

    • 18. blogdagravida  |  02/07/2009 às 17:07

      Ó,não! Descobriu nosso segredo hahahaha Volte sempre!

  • 19. antônio  |  02/08/2009 às 14:21

    rs por legal essa lenda que falou kkkk ainda bem que não sou casado

    • 20.  |  27/09/2009 às 3:51

      Um grande alívio ler seu post. Embora descontraído o assunto é sério… traição pode acontecer, não tem como colocar a mão no fogo pelos homens e muito menos pelas outras mulheres por ai.

  • 21. O dia em que a grávida t&hellip  |  19/10/2009 às 0:35

    [...] notícia é que finalmente, agora na 31.a semana de gestação, consegui a desculpa perfeita para não fazer sexo e contratar uma faxineira. Não necessariamente nessa ordem. Arranjar uma faxineira é sempre mais [...]

  • 22. Método de alargamento pa&hellip  |  20/10/2009 às 22:53

    [...] Algumas grávidas tem muita vontade de fazer sexo. Outras perdem totalmente o interesse. Isso também varia. O que não varia é a mania que as grávidas ninfomaníacas tem de ficar [...]

  • 23. Renatu!  |  22/10/2009 às 0:24

    Eu ??/ Nao imaginava que estaria lendo blog de gravidas as 1:22 da manha … Estou me tornando homossexual ??/ kkkk

  • 24. leidy  |  24/10/2009 às 19:30

    minha nossa minha historia tah quase assim, !!!

  • 25. Thais  |  10/11/2009 às 10:10

    Quase tive a minha filha antes da hora de tanto rir.. rsrs
    Estou grávida de 9 meses e realmente sexo aqui em casa é lenda.. rsrsrsrs

  • 26. eliete  |  26/11/2009 às 19:52

    eu não acho que é assim, estou gravida pela segunda vez e sinto muita vontade de transar,nem parece que estou gravida isso também aconteceu na primeira gravidez, e eu sinto um desejo muito verdadeira!!!nada de atuar!!!

  • 27. Misterious M  |  26/02/2010 às 13:52

    Graças a Deus achei algo que presta nessa “internet” – o seu senso de humor. Gosto da sua forma irônica e divertida de trabalhar com as palavras. Lembra muito a mim. Depois de uma dose de “Clarice” é difícil se interessar por outros textos, femininos. Não me leve a mal, é mero desabafo; tudo muda quando a libido da mulher amada, assim como o “crack de 29″, se quebra da noite pro dia. Como vocês mesmas dizem:’ só passando para saber’. Hei de entender, mas não agora.

  • 28. Luíza  |  06/03/2010 às 20:38

    menina, você é uma santa!

    tava lendo aqui o post e pensando “ah, tá! pensei que fosse só comigo.”

    pra minha alegria, na verdade, quem achou esse post foi meu marido (sabe-se lá o que ele tava procurando no google, mas provavelmente era sobre sexo na gravidez, não a ausência dele).

    e não tem jeito. o playground reformou, mas pra receber uma nova criança pra brincar. não consigo mais achar que aquele peitão serve pra outra coisa senão pra amamentar (leia-se aqui amamentar uma criança de verdade).

    ok que agora vc já teve o seu neném e já deve ter voltado um pouco à sua vida sexual.
    então, se isso aconteceu, não me conta tá?
    deixa eu ficar com essa imagem eternizada aqui. ahahahha!

  • 29. Edicarlos  |  07/03/2010 às 21:42

    Minha mulher e tarada pra fazer sexo na gravidez ela está nos últimos dias de gestação e ainda está querendo e os médicos pediu pra não fazer mas ela não aguenta ela e bruta e quer 2 a 3 vezes por dia mas pra matar o desejo dela eu vou na brutalidade com muito carinho e amor sucesso pra todas gestantes

  • 30. Viviane  |  12/04/2010 às 15:16

    Comigo acontece o contrario, a falta de desejo vem dele e a minha não mudou tanto, continuo normal, posições eu arrumo, clima também, ele é que pensa na criança o tempo todo e não curte muito, só qdo não aguenta mais, dura 5minutos e pronto. Isso esta me afetando muito, pois acordo e durmo mal humorada, estou sempre de cara feia e sem paciencia…

    • 31. Tom  |  11/11/2010 às 0:25

      Eu pessoalmente imagino a aflicao dos maridoes de plantao no seco!!! Mas o que me interessa mesmo saber é o contrario. Qdo ela quer e ele nao, pode rolar traição? Dos homens sabemos que é fato acontecer dps de mto tempo no seco mas e das mulheres gravidas? Sou solteiro e pessoalmente sou louco por gravidas. E nao é só eu que pensa assim. Muitos homens tem tara por gestantes. Gravidas ninfomaniacas traem?

  • 32. tele sexo  |  14/08/2010 às 2:04

    Muito bom esse post
    bem interessante vc escreve muito bem parabens!

  • 33. Lidia  |  18/09/2010 às 19:37

    UFA!!!! Ainda bem que não sou a única! Agora estou mais aliviada. Adorei seu blog e sua maneira de escrever.
    Parabéns!

  • 34. jess  |  20/09/2010 às 13:59

    FIQUEEEEEI! mas para mim, aumentou gigantemente a vontade de fazer sexo… Muito Mesmo!!!

  • 35. Ana  |  12/04/2011 às 10:20

    adorei o post a materia é otima ri mto tbm,eu brincava com meu marido que sexo agora só depois da dieta ele ficava louco bem no fim meu medico me proibiu mesmo de fazer , eu adorei né nao preciso mais arrumar descupas.kkk

  • 36. Denise  |  18/05/2011 às 22:40

    Escrevi no google, falta de sexo na gravidez e apareceu o seu blog em primeiro lugar, adorei e fiquei mais tranquila em saber que todas sao praticamente iguais a mim, ufa. obrigada

  • 37. tatiane pitanga  |  10/08/2011 às 10:11

    pois eu gente! que sinto vontade mas ele nem ta ai pra mim !! :(

  • 38. Cláudia  |  21/08/2011 às 23:01

    infelizmente comigo é diferente, tenho uma vontade enorme de fazer, estou com 34 semanas de gravidez e vivo me masturbando pq meu marido não quer saber de mim. Já não sei mais os que fazer, estou muito tensa, estressada, tediada… Preciso de ajuda.

  • 39. juliana  |  26/09/2011 às 18:22

    HAHAHHAHAHA seu blog é o máximo!!!!Me encontrei!!! A materia sobre sexo é perfeita já que pra mim a coisa ficou seca mesmo!!!!Estava em busca de um blog REAL pra me divertir durante meu repouso!!!!

  • 40. ivone  |  09/10/2011 às 1:49

    Estou num outro continente, Africa-Mocambique, e me sinto da mesma maneira, estou sem sexo ha 4 meses! Consola saber que e’ comum e que vai passar. Bjs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

junho 2009
S T Q Q S S D
« mai   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Most Recent Posts

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 48 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: