Mãevó

27/09/2009 blogdagravida
Tags: , , , , ,

DuasBarrigasSala de espera lotada. É dia de atendimento apenas de gestantes, então as cadeiras acomodam principalmente barrigudas, algumas acompanhadas, outras sozinhas (como eu). Sempre levo um livro para suportar a longa espera, mas geralmente não tenho tempo de abri-lo. Alguém acaba puxando papo e o tempo passa rapidamente enquanto trocamos informações sobre a gravidez. O assunto quase sempre começa do mesmo jeito monótono:

– De quanto tempo você tá?

– É menino ou menina?

– Primeiro filho?

Encaro com resignação essa primeira parte por que sei há chance da coisa  ficar interessante depois. É como almoçar um prato de legumes de olho na sobremesa. Histórias pitorescas costumam acompanhar aquelas barrigas na sala de espera e gosto de ouvi-las.

Na última consulta uma jovem de 18 anos puxou papo comigo. Ela estava acompanhada pela mãe, que de vez em quando fazia algum comentário, mas sem participar muito da conversa.  Durante o interrogatório preliminar eu soube que aquele era o primeiro filho, sete meses de gestação, era uma menina, ainda não havia escolhido o nome, a gravidez não havia sido planejada, ela e o namorado não queriam casar, nem morar juntos.

No meio da conversa, a secretária da obstetra vem até a porta da sala de espera e chama mais um nome. A fila anda. A mãe da jovem levanta e diz:

– Eu! Aqui! – e  acompanha a secretária.

Tentei entender a situação. Era dia de consulta apenas de gestantes. Nesse dia, a médica não atende pacientes que não estejam grávidas. A filha era a barriguda da família. Por que a mãe entrou e a grávida ficou sentada ali na minha frente, sem se mexer? Acho que tinha um ponto de interrogação gigante na minha cara ou a menina lia pensamentos:

– Hoje eu não tenho consulta, é só a minha mãe.Ela até queria que eu entrasse com ela, mas acho que sozinha ela fica mais à vontade, né?

Ela voltou então a falar de enjoos, berços ideais e estrias. Cerca de 20 minutos depois a mãe voltou e sentou ao lado dela. A jovem grávida perguntou:

– E aí, mãe? Está tudo bem?

É…está, né? – a mãe suspirou.  Depois de um tempo ela acrescentou:  – De acordo com exame, estou de 15 semanas.

Não me controlei:

– Você também está grávida???

A expressão da mãe era um misto de vergonha, orgulho e resignação. Então ela contou em detalhes a história da sua vida. Tinha 47 anos, havia casado muito cedo. Mãe de três filhos, havia enfrentado na última gestação uma grande complicação e os médicos garantiram que ela nunca poderia engravidar novamente. Nunca mais se preocupou com métodos contraceptivos. A menstruação era irregular, praticamente inexistente. Nos últimos meses seu peso havia aumentado, estava sentindo muita fadiga e o corpo parecia inchado. Sem falar no calor insuportável. Deduziu que era a menopausa que chegava acompanhada da notícia de que ela seria avó. Procurou a médica, que indicou alguns exames. O resultado surpreendeu a família toda:

Loucura, não é? Eu aqui  feliz, me preparando para ser avó e recebo uma notícia dessas.

A filha sorriu:

Não é o máximo? Tio e sobrinho vão ter quase a mesma idade.

Nossa conversa foi interrompida pela secretária, que chamou meu nome dessa vez. Me despedi e entrei no longo corredor da clínica, encantada. Como sempre, a sala de espera não havia me decepcionado.

Anúncios

Entry Filed under: Histórias de grávida

13 Comments Add your own

  • 1. naninha  |  27/09/2009 às 17:22

    AHAHAHAHHA!
    AI AMIGA…
    EU TENHO VONTADE DE FICAR GRAVIDA DENOVOOOO

    Muito do que leio me faz lembrar perfeitamente do que significa na pratica, no coraçao e na mente o que ‘estar gravida… e eu amoooooooooooo!!!!!

    Tomara que meu terceiro filho nao nasça junto com meu neto… tomara q minha vida financeira esteja boa para gerar o tericeiro bem antes do meu filho me dar um netinho! rsrsrsr.. ne?

    A vida é mesmo surpreendente!Mesmo.

  • 2. Ritinha  |  27/09/2009 às 19:10

    Realmente, nessas salas de espera a gente costuma ouvir histórias muito interessantes. Ás vezes enquanto espero escuto a conversa das gestantes, ás vezes me meto nas conversas delas… hahahah…
    Acho legal essa de mãe e filha engravidarem juntas, é interessante isso.
    Beijos!

  • 3. Thaty  |  28/09/2009 às 0:25

    Nossa, que animação sua GO, hein? rs A minha quase não tem grávidas, a maior parte é de consultas normais mesmo. O que faz ficar muito bom pra mim, pq sempre tenho prioridade! rsrs

    Beijocas!

  • 4. Lara Rezende  |  28/09/2009 às 1:21

    Oi Grávida, não sei se já comentei aqui, mas sempre passo pra ler (e rir) seus posts!
    Outro dia passei por uma situação semelhante. Faço faculdade de enfermagem e uma das tarefas do estágio é fazer o Grupo de Gestantes, enquanto as barrigudas aguardam a consulta, isso em um posto de saúde. No primeiro dia, tudo era novo pra mim. Não sabia que perguntas das grávidas me aguardavam e nem se saberia respondê-las rs.
    As mulheres foram entrando e eu pedia para que se apresentassem e respondessem a essas perguntas iniciais: de quanto tempo estava, se já sabia o sexo e blá blá. É a forma de se puxar o papo, né?
    E uma das mulheres aparentava ter mais de 40 anos, magrinha e sem barriga nenhuma. Tive medo de perguntar de quantas semanas ela estava, achei que ela fosse mãe de alguma das adolescentes e estivesse ali acompanhando-a. Pra minha sorte, ela toda orgulhosa, levantou o dedo e se apresentou, disse que tinha 42 anos e estava de 15 semanas. Me surpreendi e fiquei feliz de compartilhar da felicidade dela, estava que nem “pinto no lixo”, pois já era viúva e casada pela segunda vez, achava que não engravidaria mais pela idade!
    Adoro esse mundo das barrigudas e não vejo a hora de ser uma delas rss
    beijos pra vc e seu bebê

  • 5. Dri Viaro  |  28/09/2009 às 8:17

    Estou correndo hoje, por isso não pude ler, mas desejo pra vc uma semana cheia de bençãos de Deus.
    bjssss

    volto com mais tempo tá

  • 6. Leticia Volponi  |  28/09/2009 às 10:29

    gente, que medo… imagina só depois de ter a filha já criada… Mas conheço casos semelhantes e mães-vós que são absolutamente fantásticas cumprindo os dois papéis.

  • 7. DANI DONDA  |  28/09/2009 às 11:45

    hehhehehehhe

    adorei a historia…
    mae aos 47, super legal…

  • 8. Jéssica  |  28/09/2009 às 13:33

    Nossa, que legal!
    Depois da filha criada, vai ser mãe de novo.
    (você nem foi mais no meu cantinho =/)
    BeijoOs, flor!

  • 9. Anne  |  28/09/2009 às 13:57

    parece novela haahaha! muito legal! eu não sei se ia gostar de ficar grávida com a minha mãe, na verdade quero todas as atenções pra mim rs! mas é bem legal! minha mãe até que estava tentando engravidar, desistiu já que vai ser avó. Mas ela tem 39, aos 47 é bem arriscado heim! começa tuuudo de novo…
    beijo!!

  • 10. Carmem Olival  |  28/09/2009 às 15:00

    Que situação…. muito legal né?
    minhas consultas não costumam ser tão agitadas assim, nunca tem gravidas para eu fofocar…rs
    Bjus

  • 11. Maura  |  28/09/2009 às 15:55

    Nossa! Surpreendente!
    O Coisas tá de cara nova… Passa lá pra conferir!
    Bjinho
    Maura

  • 12. thais rosa  |  30/09/2009 às 15:56

    uau, que história!
    agora, médicos que deixam grávidas esperando eu acho uó!!! sei que a maioria é assim, mas felizmente a minha não era. tenho uma amiga que reclamava toda vez que ia ao obstetra de dor na lombar, por ter ficado esperando muito tempo sentada. aí ele entendeu o recado, e passou a agendá-la no último horário, quando saberia que não ia atrasar, e passou a dar atenção especial a ela. rárárá! botou a boca no trombone e ganhou tratamento vip. adorei.
    se bem que a espera também tem dessas vantagens de conhecermos histórias incríveis…
    beijoca

  • 13. ju Scalia  |  03/10/2009 às 10:23

    amei a sua história, conheci seu blog recentemente e estou me deliciando com as histórias.. também sou mãe de primeira viagem, me formei a pouco, tenho 26 anos e também não penso em casar nem morar junto. Bem que minha mãe podia arrumar um sobrinho pro neném, iria ser muito bom!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

setembro 2009
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: