Cem gramas II, a missão

06/10/2009 blogdagravida
Tags: , , , , ,

exercicioContinuo a divagar sobre o post Cem gramas (ou a Dança da Balança):

Quando engravidei pesava 60 kg. Não era nenhuma top model, mas as poucas gordurinhas estavam bem distribuídas. Tinha barriga tanquinho, coxas torneadas, bumbum sarado. Treze quilos a mais (e cem gramas…não vamos esquecer dos cem gramas!) em sete meses têm uma consequência direta e dolorida nas pernas, na circulação e nos ossinhos de uma vertebrada acostumada a carregar bem menos peso. Sem falar na falta de equilíbrio (emocional e físico).

Para me defender das broncas da médica (que esperava que eu engordasse 12 kg em 9 meses), desenvolvi muitas teorias e apresentei algumas para a minha obstetra-puxadora-de-orelha-de-grávidas-gordinhas.

>>> Pausa para um adendo

Tenho uma teoria sobre a obstetra também. Esbelta magrela como é, certamente ela tem raiva das pessoas carnudas e gostosinhas como eu. Aposto que sempre sonhou em ter estas coxas de mulher-melancia (melancia um tantinho “passada”, é verdade), estes peitos bovinos (existe vaquinos?) e esta anca de rinoceronte. Então a gente não pode levar muito a sério quando ela dá bronca por conta de inocentes quatro quilinhos (e cem gramas) a mais em um mês. Pessoa vingativa que é, ela dá bronca, critica a alimentação desta grávida esfomeada e ainda levanta suspeitas de doenças graves como diabetes gestacional falta de vergonha na cara.

A boa notícia é que a primeira foi descartada após a realização de um sádico exame durante o qual a vítima grávida  ingere um pote de açúcar e depois é furada seguidamente. A má notícia é que a segunda doença (falta de vergonha) não tem cura. Então meu acesso à sorveteria continua liberado. Já estou estudando com meus advogados um processo por danos morais e alimentícios contra o dono da sorveteria, um dos culpados pelos meus três quilos a mais no sexto mês de gestação e pelos quatro quilos (e cem gramas) a mais no sétimo mês. Se ganharmos a causa, vamos receber o pagamento todo em banana split.

Fim da pausa para o adendo<<<

Enfim, desenvolvi algumas teorias para justificar as mudanças estruturais (também conhecidas como “aumento rápido da gordura localizada” ou “como me tornei uma rolha de poço”) durante a gravidez:

1)  Projeto Arquitetônico

Sou muito “miudinha”. Ombros pequenos, cintura muito fina (acho que deveria ter escrito que eu era muito miudinha), pouco bumbum. De repente, este corpo miúdo deu de cara com a grata missão de gerar, alimentar e carregar um menino que, segundo os exames já mostraram, deve nascer com um peso e uma altura acima da “média”. Como esse trabalho está sendo realizado na região do abdômen, é natural que o corpo providencie um alargamento das bases (coxas, bundas, pernas e pés) da estrutura. Afinal, não é preciso ser um Niemeyer para entender que a base precisa ser proporcionalmente forte para suportar o peso que é colocado sobre ela. Então o que alguns chamam de gordura excessiva, eu prefiro(arquitetalmente falando) chamar de Processo de Ampliação da Base do Sistema Gestacional.

>> (A magra obstetra riu dessa teoria, mas acho que foi pra disfarçar o fato de que ela não entende nada sobre projetos arquitetônicos)

MulherPolvo

-2) Ritmo lento

Sempre fui muito dinâmica. Pessoa-polvo mesmo. Fazia mil coisas ao mesmo tempo. Trabalhava o dia todo, estudava e cuidava da casa. Conseguia, simultaneamente, passar roupa, falar ao telefone, estruturar um novo projeto no computador, cozinhar feijão, matar um pernilongo, depilar as pernas, tirar as cutículas, reclamar do calor, assistir à televisão, criticar os impostos (deixem minha poupança em paz) e monitorar a máquina de lavar roupa. Além disso, fazia caminhada e natação. Quando engravidei, a médica profetizou: deitarás e gerarás. Viu? Tudo culpa daquela magrela invejosa, de novo! Durante os três primeiros meses de gravidez, por sugestão dela, reduzi o ritmo. Não corri, não pulei, não passei rodo no chão da casa. Parei com os exercícios, ingeri vitaminas e ácido fólico. Os primeiros três meses da gestação são os mais frágeis, descanse e observe sua barriga crescer, disse a médica. Foi o que eu fiz. Deitei no sofá com um bom livro e alguns excelentes dvds e curti. Não! Ela não tinha orientado algo do tipo “aproveite que está em casa e abra a geladeira de meia em meio hora para atacar o pudim de leite condensado, o sorvete de manga e o leite gelado com cereal de chocolate”. Isso foi ideia minha! Mas é preciso frisar que em nenhum momento ela deixou claro que isso poderia ser prejudicial, ela nunca disse algo do tipo: “fique longe do sorvete de manga!”

Então eu pergunto: na minha inocência de grávida de primeira viagem, como eu poderia saber que aquelas doces criaturas que moravam na geladeira eram na verdade seres malignos dotados do poder de inchar coxas e bundas?

No final das 12 semanas de gestação, quando finalmente eu pretendia retomar as atividades cotidianas e cansativas como caminhada no parque e pilhas de roupas para passar, houve um sangramento e a médica recomendou repouso absoluto. Friso novamente que ela agiu de má fé ao não me avisar que repouso absoluto na casa da minha mãe significaria quinze dias deitada sendo cevada com os meus quitutes favoritos preparados pela melhor chef do mundo.

>> (Essa teoria também não convenceu minha cética e invejosa médica. Ela argumentou que eu engordei pouco nos primeiros quatro meses. O ganho de peso excessivo só foi registrado a partir do quinto mês, quando eu já havia retomado minhas atividades normais e iniciara a prática de exercícios físicos)

3) Exercício físico aumenta a fome

O argumento da médica em relação à minha segunda teoria abriu meus olhos. Claro: foi justamente quando comecei a fazer hidroginástica que meu apetite aumentou drasticamente e passei a engordar sem pudor (como se outrora tivesse tido algum). Fala aí: quem é que nunca ouviu dizer que atividade na água dá fome? Viu? Culpa da médica mais uma vez. Lá veio ela, envolta em seu modelito ajustado à cintura tamaho 38, dizer que seria ótimo se eu fizesse hidroginástica. Fui para a água pular que nem um peixe-boi peixe-vaca na Piracema, nadando contra a corrente, só pra exercitar todo músculo… e o que aconteceu? Fome triplicada. Em vez de “comer por dois”, depois das aulas passei a comer por três:  por mim, pelo bebê e pela professora de hidro, outra magricela vingativa que me faz andar de um lado para o outro na piscina durante quarenta minutos, sob berros de“mais rápido, mais força, ânimo”.

>> (Nem tive coragem de apresentar essa teoria à médica. Ainda resta alguma vergonha nesta carinha rechonchuda).

DietaSorvete4) Fui vítima de um complô!

Não tive enjoo, nem azia, nem vômitos. Todas essas coisas desagradáveis que impedem a grávida de comer. O que eu tive desde o início, e tenho até hoje, foi fome. Muita fome. Disfarçadas de amigas, mãe, cunhadas e sogra, as cúmplices da minha médica esquelética ficavam (e ainda estão aqui) à minha volta repetindo mantras gestacionais:

– você não está gorda, está grávida!

– você precisa comer por dois!

– depois que o bebê nascer você “perde” tudo rapidinho!

Conclusões do caso:

1)Fora de cogitação fazer dieta durante a gravidez, né? Meu bebê está forte e saudável graças à minha dedicação em nutri-lo diariamente com frutas, legumes, arroz integral, cereais, leite, sorvete, pudins, pães, empadinhas, esfirras e outros suprimentos calóricos. O jeito é seguir com a dieta, pois não posso modificá-la agora. Isso poderia causar um trauma grave no bebê. Ele pode decidir chutar meu estômago com muita força cada vez que eu me recusar a comer um danoninho ou um flan de chocolate.

2) Lá no início da gravidez, quando a médica disse que eu poderia/deveria engordar uns 12 kg no total durante toda a gestação, eu pensei:

– Gente, essa mulher é demais! Cheia de diplomas, super ocupada, profissional dedicada, e ainda encontrou tempo para desenvolver seu talento como comediante.

agora descobri que ela não estava contando piada.

bebefortesaudavel

4)A médica se revelou boa pessoa ao me tranquilizar. Minha maior preocupação com o excesso de peso era prejudicar o bebê ou a hora do parto.  Mas a obstetra garantiu que os quilos a mais não interferem em nada. Sem falar que minha pressão está sempre baixa. Meu bebê está saudável, perfeito e muito serelepe (mexe o tempo todo!!) e isso é o mais importante para mim. Então: tô nem aí, tô nem aí, tô nem aí…

Anúncios

Entry Filed under: Alimentação na gravidez,Histórias de grávida

41 Comments Add your own

  • 1. Amanda  |  06/10/2009 às 8:35

    Realmente é difícil achar o equilíbrio. Também não sofri os incômodos “normais” da gravidez, como azia, enjôos, vômitos, portanto, também engordei no começo da gravidez, ao contrário de algumas mulheres que emagreceram. Meu médico em todas as consultas deu dicas de alimentação, como riscar frituras, doces, massa, e afins, e comer só legumes, carninha branca, arroz integral. Como eu faço quando meu filho se revolta e começa a pedir comida? Tudo se inicia com uma sensação de vazio no estômago, depois o estômago começa a roncar, aí é a vez do Guilherme em me chutar, normalmente é nas costelas (ele descobriu ser mais eficaz). Sabe o que eu escutei do meu marido em uma crise dessas? Come uma gelatina diet… (Sim, depois de comer essa gelatina, dois litros de água, cenourinha, pepininho… Ele vai chegar em casa e me encontrar em um cantinho, rosnando) Então, o que posso fazer? Para o bem de todos aqui em casa (físico e emocional) eu continuo no sorvete (ah, é sempre o sorvete, né?) de Galak… Hummmm

  • 2. Tathy  |  06/10/2009 às 9:30

    Amiga, adorei o post. Vc já pensou em fazer drenagem linfática. Isso me ajudou muito a segurar a onda durante a gestação. E oh, não se estresse com esse aumento de peso não, depois as coisas se ageitam e vc perde tudo na amaentação.

    Beijosssssssss

    • 3. blogdagravida  |  08/10/2009 às 1:18

      Estou fazendo drenagem uma vez por semana! Estou amando!!!! Quero fazer duas vezes..vamos ver…se der $$$$$$$tempo$$$ farei!

  • 4. Aline Bretas  |  06/10/2009 às 9:55

    Ei gravida!!! quanto ao cha de bebe eu realmente pensei muito se valeria a pena, achei q valia e agora eu tenho certeza!!!!!!!! ganhamos muitassssssss fraldas e fazendo as contas, eu gastei o equivalente a 1 mes de fralda! claro q a vovo por parte de pai fez algumas comidinhas, mas mesmo assim valeu e muito! faz q vc nao vai se arrepender!!!

  • 5. Liza  |  06/10/2009 às 10:07

    OLa querida. venho agradecer/retribuir a sua visita la no meu cantinho.Menina pena q eu nao soube desse treinamentos p futuros pais antes kkkk.Pa se soubese claro q ia treinar kkk.Muito bom, se uma pessoa ler antes de ficar gravida acho q desiste kkk.Pois é o Nuno é bem grandao toda vez q vamos ao pediatra ela diz q ele sai dos padroes p idade dele.
    Agora quanto a engordar…todos medcos pegam no pé, aqui eles sao super rigidos se veem q vc ta engordando mas do q devia, ja passam dieta.Eu engordei 10k segundo o medico foi 9 pq a ultima semana tava igual uma bola de tao inchada e ele disse q o inchaço alterou o peso kkkk bonzinho ele kkk.Eu engravidei tava com 62k e ja tava acima do peso pq tambem sou miudinha kkk e agora quero ver se volto ao 55 q ainda nao é o peso normal q sao 50k.Vc segue ai as ordens medicas que loguim depois do parto vc ja perde tudo.Eu ainda me faltam 2.5 p liquidar e depois o resto d antes de embuchar rsrsr.Pq empaquei nos 65.5 e depois subi 700 pq tenho uma fome doida.
    Vixe maria escrevi mas da conta. linda desculpa sou assim falo muito. Eu sempre vinha aqui no teu cantinho, adoro tua maneira bem humorda de escrever.mas acho q vinha sempre na moita, e nao comentava…entrava a timidez kkkk. agora q ja perdi, vou vir sempre q puder e se o tempo deixar dou uma comentadinha kkk.
    beijos e brigada pela visita.
    Desculpa por ter te escrito o novo testamento kkk.

    • 6. blogdagravida  |  08/10/2009 às 7:12

      Quem lê antes de engravidar não desiste! Eu havia lido e olha só: aqui estou, pronta pra colocar o treinamento em uso kkkk
      Quanto ao peso,realmente não estou preocupada se vou perder ou não (Por enquanto, né?Depois do parto deve ser uma super preocupação). Agora estava encanada realmente em acabar atrapalhando o parto ou prejudicando o bebê. Mas como a médica disse que não interfere, eu desencanei do peso. Vou rolando FELIZ pra maternidade kkkk Volte sempre!!Adorei seu Novo Testamento Grávido kkk

  • 7. Luciana  |  06/10/2009 às 10:47

    Nossa!!! Adorei isso aqui!!! Depois de me esvair em lágrimas grávidas senti até dor de barriga de rir do seu blog!
    Parabéns por tudo!!!
    E prazer!
    Bjos

  • 8. Maura  |  06/10/2009 às 10:55

    Oi!
    Vim agradecer as palavras carinhosas no post de adeus ao meu gatinho…
    Adorei as teorias! Vou memorizá-las pois tenho a impressão de que um dia me serão úteis!
    Bjinho,
    Maura

  • 9. Luciana  |  06/10/2009 às 11:27

    Muito legal.. dei muitas risadas com as suas teorias. Segundo a minha medica o que comemos não influencia no peso do bebe. Só não sei como ela explica o fato da minha bebe só ter engordado depois que comecei a me alimentar melhor e consequentemente ter engordado mais. Estou com 26 semanas e engordei 6 kilos, sendo 4 nos ultimos 2 meses. E o pior ainda esta por vir. Vamos esperar e ver. Qualquer coisa vou usar as suas teorias para justificar meu aumento de peso, hehe…
    Bjs
    Luciana

    • 10. blogdagravida  |  08/10/2009 às 7:27

      Por que todo mundo ri das minhas teorias?Por que ninguém me leva a sério? kkkkk São teorias muito bem fundamentadas, praticamente umas teses que mereciam o Nobel! (eu gastaria a grana do Nobel em fraldas e sorvete kkk). Pode usá-las (as teorias) a vontade! Volte sempre!

  • 11. Analuz  |  06/10/2009 às 11:48

    Adorei o seu post, Gravida!
    O mais importante é que o meninão esta bem e forte. E eu que fiquei gravida no inverno, com neve la fora e tudo mais!!? Sabe aqueles ursos que ficam hibernando e so saem na primavera? Foi o que aconteceu comigo e a geladeira la, cheia de coisas caloricas (quer dizer, nutritivas), para eu comer! Ate agora nao sei onde foi parar o meu manequim 38… Espero encontra-lo depois que começar a nataçao em novembro, assim espero! No mais, putz, vc me deixou com uma vontade de comer sorvete de manga… Ahahah, ainda bem que nao estou gravida, senao coitado do meu marido!! Beijos

  • 12. Denise Freitas  |  06/10/2009 às 12:02

    kakakakaka….me diverti com seu texto. Hilário. Como diz uma amiga grávida, que também engordou mais do que gostaria, eu fui abençoada com a falta de fome nos três primeiros meses. Mas agora com a hidro, também ando sentindo uma fome absurda, fora a vontade de comer doces. Cada ida ao obstetra é um frio na barriga só de pensar na hora da balança. Ainda não engordei, mas como ainda tenho 5 meses pela frente não dá para não ficar em pânico. Aliás, outro assunto que tem me deixado neurótica são as maleditas estrias. Ainda não apareceu nenhuma e embora me besunte nos óleos e cremes, fiscalizo todo dia no espelho com medo de ver algum risquinho no meu corpo.

    Que a nossa senhora das grávidas zele por nós.

    Bjs,
    Dê Freitas

  • 13. Marti  |  06/10/2009 às 12:50

    Antes de engravidar eu tinha 50kg, estava pelo menos 3kg acima do meu peso e estava me sentindo uma Jubarte. Imagine agora que engordei mais 7kg. Quanto mais grávida eu fico, mais eu me convenço de que faria qualquer coisa pra não ser obesa. Os impactos desse peso extra sobre o funcionamento meu corpo também foram super cruéis. Isso sem contar o ponto de vista estético (essa história de que mulher grávida é bonita é uma das maiores mentiras já divulgadas pela Johnson&Johnson). Agora eu só penso em parir logo, dar de mamar e doar leite pra emagrecer mais ráido! HahaahhaH!!

  • 14. Marti  |  06/10/2009 às 12:53

    Ah, quanto ao carrinho! O fechamento dele não é guarda-chuva, mas é mais fácil do que alguns guarda-chuvas que vi. Uma das coisas que me animou a comprar foi precisamente o fato de eu ter conseguido abrir e fechar na loja depois de observar a vendedora fazendo, sem nenhuma orientação auxiliar. Pra você ter idéia da minha coordenação motora, eu até hoje não aprendi a ligar o fogão da minha casa porque ele é child-proof…

    O carrinho é compatível com bebê conforto, mas ficaria $600 mais caro já vir com o bicho. Como já tinha forçado a barra no preço, preferi deixar pro mês que vem e enrolar meu marido (sou um monstro).

  • 15. Flavia Bernardo  |  06/10/2009 às 14:32

    Oi….adorei seu blog!
    vou visitar mais vezes!

    Beijos!
    Flávia

  • 16. naninha  |  06/10/2009 às 15:10

    Amiga… li teu post sobre o sangramento hj e como vc o descreveu detalhadamente… foi impossivel nao me lembrar dos detalhes de minha primeira gravidez… quando meu mundo enorme e agitado se reduziu a um sfá preto, uma televisao prata e um controle remoto cinza… esse era meu mundo.. minha redoma.

    No final do dia meu pescoço doia tanto por causa da posiçao horizontal eterna que eu precisava manter… Era tao dificil levantar para ir ao banheiro… eu precisava juntar a migalhas de coragem que teimosamente me restavam…

    Eu passei SEIS MESES deitada… somente os primeiros 3 meses foram normais… o resto foi tudo deitada… e eu quase nunca via minha barriga de verdade… eu sempre estava deitada… eu abri mao de tudo… de meu emprego, de minhas saidas, de minha vida toda… minha vida era a vida que eu gerava… porque meu mundo tinha se reduzido a um sofa e uma tv, mas minha vida dentro de meu ventre so crescia e crescia… ele é um milagre amiga… meu primeiro filho é um milagre que os medicos me disseram que nunca aconteceria…
    Muitas vezes deitada, absorvida pelos meus pensamentos eu nao sabia se veria o rosto de meu bebe, eu nao sabia se seguraria sua mao… eu fui forte como uma leoa… a cada dia eu lutava com a maior força q ja existiu em mim… eu lutava desesperadamente e bravamente pela vida de meu filho… eu precisava q ele fosse meu… q nao fosse nunca embora da minha vida… ele é um milagre amiga… um milagre…

    Foram meses pesados… pesados na luta tremenda, eu gerei este filho com a minha mente e com a minha brava fé que nunca arredou o pé de mim… enfrentei tanta coisa… dois snagramentos… muitas colicas… muitas contraçoes… a saida do tampao… internaçao… remedios… sofa preto e tv prata.

    Eu nao tinha pai e mae perto… eu so tinha minha barriga e minha tv… o controle remoto tb foi meu companheiro.. ele segurava minha mão todas as tardes…

    Engraçado… essa experiencia foi surreal… eu experimentei coisas q a maioria nunca saberá o q signfica… eu reduzi minha vida.. eu abandonei o relogio de pulso… eu nao usava mais sapatos… eu estava tao sozinha naquela sala do meu ap e ao memso tempo nunca me senti tao cheia de companhia… eu tb sentia sua energia… sua voz… eu ja via seu rosto em meus sonhos…
    eu abandonei tudo… e o fiz com tanto amor q nem me dei conta de tudo q eu tinha aberto mao… pela primeira vez em mais de dois anos, eu estou conseguindo ver a situaçao real… eu abandonei tudo… eu rasguei minha vida… eu simplesmente lancei para fora de mim tudo que nao cabia em meu sonho de ser mae…
    Hoje, depois de ler teu post, sem querer relembrei de cada cena… de cada batida mais forte de meu coraçao… tanto aperto… tano medo.. tanta garra… tanta fe, tanta oraçao… meus olhos fitos na força do coraçao de meu filho… como ele é forte amiga…
    E essa força toda dele que hj me faz suar a camisa e a mente foi a causa do sucesso desta gravidez… ele sabia q precisava vir com tudo, porque se nao nao chegaria ao final … ele era mais forte do q eu… mais forte q meus sangramentos, dores e medos… ele era muito mais maduro do q eu… e hj devo agradecer por ele ser exatamente como é… ele veio com tudo.. pq se nao nao teria chegado ao final com sucesso… ele veio forte para poder me fazer ser mae…

    menina… li teu post e cai direto debaixo de uma cachoeira de lembranças e esclarecimentos… foi intenso… mas valeu.. uhuhuhuhuhuh…

    Deus te abençoe muito e força amiga… com certeza o “tumtum-tumtum-tumtum” de seu coração diz tudo a voce… diz segredos que so tua alma d emae entende… e assim será smepre… delicia de “tumtum-tumtum”.. milagre de Deus!

    és privilegiada e abençoada por passar por isso “tumtum-tumtum” diz teu filho , na poesia mais linda e forte que uma mulher pode conhecer em toda a sua vida. és abençoada ou não é??? (moelquinho de Desu!)

    bjos

    naninha

  • 17. Suelem  |  06/10/2009 às 16:07

    Vc é fantastica!!! Amei o texto!!!

    Bjão

  • 18.  |  06/10/2009 às 18:27

    Adorei as “desculpas”. Na minha próxima consulta, com certeza vou usar uma delas com a GO (que tb já me deu bronca por 3 kilos em um mês).

    Mas juro: estou tentando me controlar, principalmente nos doces e porcarias. Ahhh. Mas é tão difícil =S

    Bjos.

  • 19. Carol  |  06/10/2009 às 22:10

    hahahaha!
    quanta imaginação, adoroooo!

    olha, mas super tenho lido por aí que essa coisa de engordar 12 quilos não deve ser encarada com tanta rigidez (como tudo na vida, né gente). Acho que se vc tá saudável, tá tudo certo!

    beijos!!

  • 20. Ritinha  |  07/10/2009 às 0:20

    HAHAHAH… otimas teorias! Acho que vou salvar esse post para usar suas teorias com minha médica quando estiver grávida. hahahah.
    Beijos!

  • 21. Blog da Fátima  |  07/10/2009 às 0:49

    Mãezinha!!!
    que senso de humor einh???
    Nossa adorei o post..sem contar que dei boas risadas!!! Obstetra magrela, chata mesmo..vai ver ela tem inveja dessse corpinho roliço que tu tem!!!
    Isso mesmo cuida bem desse bebê, dê de cume pra ele..e só coisas boas…hehehehhe
    bjos no ♥

  • 22. Marcela Macedo  |  07/10/2009 às 17:23

    hahaha…
    Bom, eu pesava 55kg qndo engravidei… engordei 16kg… 10 dias depois d ganhar a Valentina emagreci 10kg, 45 dias depois mais 4kg. Ainda faltam 2kg. Detalhe: sem dieta alguma, afinal d contas, amamentação e dieta ñ combinam. Então minha amiga, o segredo todo é amamentar bastante! Confesso q ainda estou c/ uma barriguinha meio esquisita, e algumas calças ñ passam do quadril (sofro!) mas segundo a médica, tudo volta ao normal com o passar dos meses… Tomara!
    Bjus!!

  • 23. Carolina  |  07/10/2009 às 17:45

    Engraçado como esses parametros mudam de um lugar pra outro. Eu tô com 31 semanas e já engordei 12 kg, minha médica aqui no Uruguay não abre a boca pra falar nada ! Só diz que está tudo bem, e que eu tô dentro do esperado, inclusive ela disse que posso engordar até 15 kg … Então sinceramente, não se preocupe tanto ! Curta sua gravidez ! Beijos

  • 24. Thaty  |  07/10/2009 às 19:05

    Eu juro que queria saber qual os parâmetros que eles usam pra definir quantos kilos uma grávida pode engravidar. Pq qdo eu tive o meu filho, eram 9 – um por mês. Agora dizem que são 12. Minha médica, graças a Deus, não pega no pé com isso, mas eu não vi nenhuma das grávidas dizendo que o médico não reclamou do peso delas. O médico da Anne chiou por causa de 1kg e 400!! E o da Lu Boury, que disse que ia fazer uma incisão vertical na barriga dela pq ela não tava mesmo ligando pro corpo dela. E ela engordou 9kg!! Sei não, acho que tem algo errado por aí. Claro que engordar demais não é saudável pra ninguém, quanto mais pra uma gestante. Mas tô começando a achar que tem uma certa dose de exagero aí…

    Fico feliz em saber que vc está desencanada disso!! 🙂

  • 25. Anne  |  07/10/2009 às 23:08

    ri muito com o post mas esse finalzinho me deixou muito triste… tbm queria estar nem ai pra um caso desses, mas não posso =( meu peso pode atrapalhar o bebê e o parto e meu médico sempre faz terrorismo comigo! eu tenho que fazer dieta, não posso engordar e quando engordo gramas (menos de 100!) ele reclama comigo.. não sei mais o que fazer, tão dificil!
    não vejo a hora disso tudo passar!

    hahah tbm fui vitima de complô! quase não tive enjoos, tão pouco vomitei e recusei comer.. logo eu que precisava!

    aproveita que a sua pressão tá baixa e que os kilos a mais não vão interferir e fica tranquila, sendo feliz comendo tudo o que vc pode.. isso deve ser um alívio!!
    bjoooo!

  • 26. Blog da Fátima  |  08/10/2009 às 14:27

    Mãezinhaaaaaaaaaa!!!
    Tem selinho pra ti lá no meu blog!!
    Vai lá buscar!!! è mto fofo..

    http://fatimadisse.blogspot.com/

    bjos no ♥

  • 27. Elen  |  08/10/2009 às 22:30

    Olá…
    E olha que a neura só está no ínicio viu?
    Vem muito mais por aí…
    Olha eu engravidei acima do peso,então toda consulta era a mesma história… Olha o peso…olha o peso…
    Daí que fiquei tão apavorada que enjoei, enjoei… ^só de pensar em comer doce meu estomago revirava…
    Conclusão… engordei 5kg a gravidez inteira…
    E olha que Minha bebÊ nasceu com 3920kg… e depois do 1º mês servindo de vaca leiteira para bezerrinha perdio 16kg… então vc vai ver que amamentar é o melhor negocio…

    Beijos!!!
    Elen e Duda

  • 28. Silmara  |  09/10/2009 às 0:02

    Olá! Venha conhecer meu blog também!

    http://www.osfofoletes.blogspot.com

    Bj.

    Silmara.

  • 29. Analuz  |  09/10/2009 às 3:53

    Ola Dona Gravida!
    Respondi a sua pergunta la no Journal! Entendo a sua duvida, e acho que o ponto chave é a ESCOLHA DO TECIDO, que deve se arejado e nao numa malha grossa, que ai sim, da a impressao que o bebe fica “sufocado” la dentro… No mais, mesmo em lugares abafados e de alta temperatura, os bebes, principalmente recem-nascidos, ficam na temperatura do corpo da mae e isso é importante no primeiro momento, ja que a temperatura corporal ainda nao esta regulada, adaptada. Espero ter ajudado em alguma coisa! Beijinhoss

  • 30. naninha  |  11/10/2009 às 0:40

    To preocupada com vc…
    Ta tudo bem querida?
    Esta precisando e alguma coisa?
    por favor, pode contar comigo…

    Epero q esteja tudo perfeito…
    Estou aqui… esperando… “volta” assim q der… please…

    Espero q esteja tudo bem.. muito bem!

    bjao

  • 31. Suelem  |  14/10/2009 às 11:26

    Mulher, kd vc?

    Mande noticias!!!

    bjão

  • 32. Patrícia  |  14/10/2009 às 12:00

    Ah relaxa, o problema de engordar muito durante a gravidez é pq pode fazer sua pressão ficar alta, mas se ela está baixa, se joga no sorvete!!!!

    Tenho uma amiga q engordou 20 kg durante a gravidez, hj em dia ela é uma vara de tão magra e não fez nada, nem dieta, nem ginástica, foi só o filho começar a andar q ela começou a emagrecer, rs.

    beijos =*******

  • 33. pridsm  |  14/10/2009 às 19:25

    oi FLor, tá melhorzinha?? Respondendo ao seu comentário no meu blog, entre outros, rsrs pode usar lipossucção à vonta de hehehe.

    desculpa demorar tanto pra responder, é que eu tava acamada tb …

    bjuss

  • 34. Amanda  |  15/10/2009 às 10:37

    Oi sumida. Está tudo bem? Mande notícias. Se precisar de alguma coisa, grite! Beijos

  • 35. Luciana de Andrade  |  16/10/2009 às 12:32

    ueiauaeuieuoia… amei seu blog.
    seus textos sõ ótimos.
    bem como eu gosto.
    parabéns. e sorte com seus Treze quilos e cem gramas. =D
    beijos

    PS.: linkada.

  • 36. Maura  |  16/10/2009 às 21:27

    Oi! Por onde vc anda?!

  • 37. Liza  |  17/10/2009 às 4:39

    Oieeee… agora q criei coragem p comentar vc sumiu rsrs.Tudo bem querida? beijos.

  • 38. ღDani+Cleber=Ana luíza e Clebinhoღ  |  17/10/2009 às 16:13

    Qntas Saudades, Nunca mais apareci né??
    Esse Príncipe é pra qndo??
    Engordei 20kl na Gravidez da Ana Luíza e 23kl na do Clebinho, nunk me privei de nada e Marido desejava comigo, juntos comíamos tanto vc nem imagina…Afinal GRÁVIDAS PODEM TUDO♥
    Bitocas Grávidissima♥
    Ótimo Fim de Semana e Bitocas♥
    P.S=>Cadê suas fotos Mulher?? Keremos TVê♥

  • 39. JOANA DE FREITAS HONORATO  |  17/10/2009 às 18:49

    Adorei suas teorias! Tenho uma relação de amor e ódio com a minha obstetra. Consulta sim, outra tb, ela reclama. Como enjoei muito no início, quase não engordei. Aí ela reclamou. Reclamou, não, o nosso diálogo foi: doutora, tenho tido muito enjôo, não consigo almoçar que me dá vontade de vomitar. Resposta da minha querida obstetra: Vomita mas come, que alguma coisa fica. O bebê precisa de alimento. Ok, pensei… quando passou o enjôo, comecei a comer (e não vem que não tem que ninguém tem vontade de comer cenoura com brócolis… é empadinha, pizza, brigadeiro… a gente se segura, mas a vontade é essa, não dá pra negar. Pronto, engordei três quilos em um mês. Bronca de novo! Agora tinha engordado demais. No mês seguinte me segurei. Cortei doces, fiz caminhada e hidroginástica. Segui a orientação da professora e fiquei bebendo água a aula inteira pra não comer um boi depois e fui pra próxima consulta. Conclusão: não engordei nada em um mês. Bronca de novo! Minha querida, diz minha obstetra, assim tb não pode… tem que engordar… vc está se alimentando direito? Me deu vontade de matar! Claro que sim, só não comi aquelas coisas que vc mandou eu não comer, que estão na cartilha de alimentação para gestantes que vc me deu na primeira consulta! Bom, assim vamos nós duas e já se vão sete meses e meio… Não sei vcs, mas não estou com o menor saco de fazer hidroginástica ou caminhada ou seja lá o que for… a gente fica cansada, não quer fazer nada… Agora estou sendo beneficiada pela azia que me mata… assim, quando como besteira, lá vem a queimação que me pune severamente e aí me penitencio e tomo uma sopinha à noite… Com isso tenho conseguido manter o tão desejado peso (que a médica quer, né?!). Penso que as obstetras são umas loucas com a funçao de deixar a gente louca e com culpa do sorvetinho do fim de semana… rs. A sorte é que tenho um maridão que me defende e compra rocambole de doce de leite quando tenho vontade… Bjs mil para todas!

  • 40. Dany  |  19/10/2009 às 7:52

    Alem de tudo, ainda temos q entrar nessa neura do peso! Ninguem merece! Tb to engordando q dá tristeza ver, but… fazer oq né? Dieta – NOT! Um viva às grávidas gordinhas!

  • 41. Erica  |  24/05/2011 às 16:55

    KKKKKK FANTASTIC !!!!!
    AMADA, NÃO PENSE QUE É SÓ EM MAMÃES DE PRIMEIRA VIAGENS QUE O PECADOS DA GULA ACONTECEM…SOU MÃE DE 4° VIAGEM (UMA PROCRIADORA NATA EU DIRIA) E AINDA SINTO A MESMA FOME DE 12 ANOS ATRÁS….AMEI SEU BLOG….
    SEE YOU….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: