Sapatão de cristal

22/11/2009 blogdagravida
Tags: , , , , ,

Observo com aflição e pesar aqueles que outrora foram chamados de pés e agora não passam de dois montes deformados lá embaixo, sustentando os quase 20 quilos a mais que ganhei na gestação.  Quando acordo eles já estão assim. Verdadeiras aberrações da anatomia grávida. Se está calor (e está sempre calor nesta Terra avacalhada pelo bicho-homem) ficam ainda em pior estado. Os tornozelos se fundiram à massa inchada dos pés e desapareceram sem deixar vestígios.  Não há notícias deles há quase um mês. Foram abduzidos pelo inchaço.

Apontados com horror e entre gritos de espanto pelas pessoas na rua, nas filas dos supermercados, nas festas da família e na sala de espera do consultório médico, meus pés bem que gostariam de se esconder, mas não há local fechado no qual possam se abrigar. Eles são obrigados a se exibir o tempo todo em um par de sandálias velhas e desbotadas, do estilo rasteirinhas, número 39, herdadas de uma amiga que sofreu do mesmo mal na gravidez (e sobreviveu). Assustados, meus pobres pés percebem que no fim do dia até as famigeradas e enormes rasteiras ameaçam ficar pequenas. É nessa hora que as tirinhas finas do calçado começam a entrar na carne gorda do tornozelo e no dorso elevado e lá deixam marcas profundas que denunciam ainda mais a deformidade. Nesse momento só resta aos meus intrépidos amigos arremessar as sandálias o mais longe possível e seguir a caminhada solitários, sem calçado, sem sola, sem luxo e sem glamour.

E no meio desse que deve ser o pesadelo de todo podólatra, meus pés, meus queridos pés que me aguentam o dia inteiroooo sonham com seus amados companheiros  sapatos número 36 que, por sua vez, aguardam ansiosos, trancafiados em suas caixinhas no closet pelo dia em que poderão novamente desfilar seus saltos, tiras e vernizes. Em vez disso, meus envergonhados pés vestem meias elásticas indicadas para pessoas que têm varizes. As meias são feias, quentes e difíceis de colocar, mas garantem algumas horas de conforto, mesmo que incapazes de cumprir sua missão de evitar o inchaço.

Ah, amigos pés. Tenho pena de vê-los assim: tão inchados e envergonhados de sua situação. Gostaria de afagá-los, massageá-los ou simplesmente espalhar sobre eles um pouco de creme hidratante. Mas há tempos mãos e pés já não se alcançam. Impedidos de se encontrar pessoalmente, apenas se cumprimentam de longe. Numa tentativa de diminuir a sensação de desprezo e abandono que tomou conta de meus companheiros pés, marco uma hora na renomada  pedicure do bairro. Mando amolar meu único melhor alicate de cutículas. Compro um creme especial de esfoliação. Na hora agendada, chegamos ao salão: meus deformados amigos e eu. É a primeira hora da manhã, mas meus amigos franksteins já provocam olhares espantados e comentários maldosos:

– Menina, como seus pés estão inchados! – (Não diga, eu nem tinha notado)

– Nossa, como é que você aguenta? (Eu não aguento, os pés é que me aguentam)

– Fica de olho na pressão: pés inchados assim sempre vêm acompanhados de pressão alta e significam problema grave. (Minha pressão é sempre baixa, o que isso significa, então, doutora-sabe-tudo?)

– Se já está assim a esta hora, imagina no fim do dia. (Não preciso imaginar, estou com meus pés o tempo todo e vejo o que acontece)

– Você sabe que os pés aumentam um número depois da gravidez? (Se é assim, minha mãe – que teve 4 filhos – calçava 30 quando engravidou a primeira vez?? Isso sim seria aberração)


A pedicure bem que tenta, mas não consegue fazer muito pelos meus inchados amiguinhos. Cada aproximação de um palito ou alicate gera um grito de dor e agonia. As unhas estão afundadas e quase desapareceram nas carnes dos dedos. É impossível fazer o trabalho sem arrancar um pedaço da massa gorda e  deformada. Um filete de sangue escorre pelo cantinho do dedão. Vencida pelo cansaço inchaço, desisto de tentar melhorar a aparência dos meus pães pés, volto para a casa e dou a eles algumas horas de descanso no alto de uma confortável almofada. Os gorduchos amiguinhos repousam agradecidos. Parecem confiantes de que voltarão – um dia –  a ser elegantemente conduzidos em belos scarpins, quando me ouvem dizer com voz terna e quase infantil:

Bebê amado: por você tudo isso vale a pena. E eu faria de novo, quantas vezes fosse preciso. Falta pouco agora para você sair daí.

Ouço quando tendões, ligamentos e músculos suspiram num indisfarçável alívio. Meus pés parecem inflar de tanta alegria ao ouvir a notícia: ah, falta pouco! A única coisa de que vão sentir falta é a massagem e os beijinhos que ganham de vez em quando do meu marido.  Coisa de príncipe, né? Mesmo que seja pra agradar uma princesa que não conseguiria, mesmo se quisesse, usar um sapatinho de cristal. Nem se fosse número 39. Afinal estes pés agora têm dorso número 42 ou 43.

Anúncios

Entry Filed under: Histórias de grávida,Sintomas da gravidez

33 Comments Add your own

  • 1. Marti  |  22/11/2009 às 23:40

    Meus pés continuam os mesmos, mas a minha bunda…

  • 2. Jaboticaba Preta  |  23/11/2009 às 3:36

    Meus pés até que estão aguentando o tranco (estamos no outono), mas as minhas costas…..:(

  • 3. naninha  |  23/11/2009 às 7:36

    Ai m.e.u Deusssss…

    MAIS ESTRANHO DO QUE FICAR COM OS PES INCHADOS NA GRAVIDEZ É TER VONTADE DE CHORAR (SINCERAMENTE)PELA DOR NA ALMA DESTES PÉS… isso sim é estranho!E foi assim que eu fiquei lendo essa porra de manipulaçao que voce faz com a gente (que vc insiste em chamar de post/ texto/ linguagem escrita/ o escambal)

    Tu sabe q escreve bem ne fia… so nao precisa usar isso de forma que faça uma pobre mortal chorar com dó de dois pezinhos inchados, como se eles fossem um casal de retirantes! affff… o que eu faço com toda essa minha sensibilidade??? hauhauhauha

    O pior barriguda, é que eu não sei o que pode te ajudar… pensei em sugerir que voce colocasse os pes (ai q vontade de chorar de novo… só de lembrar deles…) dentro de um balde CHEIOOO de gelos… rsrsrs.. sera q daria certo?

    pq se o calor incha… o frio contrai… isso é cientifico! rsrsrs… so nao se é viavel para todo o resto do organismo gravido… melhor deixa!

    rsss

    Nao sei como te ajudar… e fico por aqui lembrando triste dos sentimentos de abandono e sobrecarga que teus pes estao sentindo… vc me convnceu que eles sao um casal de retirantes… pobres, sofridos, com esperanças de um futuro melhor… ai meu Deus… esse nó na minha garganta nao sai daquiii… coitado dos teus pezinhos … buaaaa… lagrimas denovo…

    vou parar por aqui

  • 4. Amanda  |  23/11/2009 às 7:46

    As únicas partes do meu corpo que continuam as mesmas são meus pés, já o resto eu nem olho mais, na última vez fiquei deitada na cama em desespero imaginando se algum dia meu corpo voltará ao normal, duvido, entre estrias, assaduras (isso mesmo), celulites (até nos braços), imagino que isso deve ser o que as pessoas chamam de “cara de mãe”.

    • 5. blogdagravida  |  23/11/2009 às 17:18

      Ahhh, celulite também!!!! Muita. Assustei, não sabia que acontecia isso na gravidez. A fisioterapeuta que faz drenagem linfática em mim disse que depois do parto some tudo. Du-vi-de-o-dó. O negócio é exercício físico: levantamento de banheira, arremesso de fralda suja, caminhada com bebê no colo pela casa de madrugada… hehehehe Beijo!

  • 6. Maura  |  23/11/2009 às 8:57

    Uau! Não posso evitar: como é que vc aguenta?!?!?! hehehe!
    Tá, eu sei: vale a pena!
    Tenha uma bela semana!
    Maura

  • 7. Fabiana  |  23/11/2009 às 9:13

    Eu ainda não tive problema de inchaço, aliás, fora a barriga, não tive nenhuma alteração física muito acentuada. Em compensação, minha amiga, meu lado emocional tá igual bomba relógio. Só não sei pra que horas tá programado para explodir.

    • 8. blogdagravida  |  23/11/2009 às 17:28

      Normal. Marido reclamou que choro muito e expliquei:
      “É que eu estou suave e o mundo está áspero”.
      Gravidez faz isso mesmo: 9 meses de TPM.
      Aguenta que passa!!! O duro é chorar na hora de dormir, amanhece com a cara inchada. A minha que já tá normalmente inchada fica ainda pior.

  • 9. Flavia  |  23/11/2009 às 10:33

    Menina, meus pés ficaram assim tambem, e era um horror. Principalmente pelos comentários das pessoas (um saco!!).
    Desde o 7º mes o unico sapato que eu podia usar eram as crocs..(do marido. Rá!)
    O lado bom, é que eu me aproveitava e saía do trabalho mais cedo 2 x por semana porque TINHA que fazer uma linfatica, antes que eles explodissem.

    Beijos pra vc e pro pequeno sagitariano que está por vir (meus meninos: Pai e filho, tbm são sagitario!).

    ps.: Meu pé cresceu depois da gravidez.

  • 10. Aline Bretas  |  23/11/2009 às 10:36

    ai Gravida tb to igualzinhaaaaa na mesminha situacao! mas eh o q disse no final, pelo bebe vale tudo e ja ta acabando!!!! mas q eh feio eh neh? rs… bjO!!!

    • 11. blogdagravida  |  23/11/2009 às 17:30

      São feios,sujos e inchados.Mas eu amo esses pães que me sustentam apesar do peso.
      E no final vale a pena. Enquanto fico deitada na tentativa de desinchá-los um pouco, aproveito pra papear com “a barriga”. O bebê fica agitadíssimo nessa posição (minha barriga pra cima e meus pés láááá no alto). Faz cada caroção…coisa mais linda de se ver e sentir!

  • 12. Ana  |  23/11/2009 às 10:54

    Meus pés incharam há 2 dias (estou de 34 semanas). Permaneceram 1 dia mega inchados e já desincharam bastante, apesar do calor. Meu médico mandou elevar os pés da cama com 1 tijolo de cada lado. Ajuda bastante!

    • 13. blogdagravida  |  23/11/2009 às 17:33

      Essa ideia dos tijolos e´boa, hein. Não tinha pensado nisso. Valeu a dica. Tô virando morcegona mesmo: sempre de cabeça pra baixo.

  • 14. lilian  |  23/11/2009 às 11:02

    Nossa amiga realmente é uma situação muito dificil me solidariso com vc pois sei o quanto é dificil se olhar no espelho e ver o seu corpo deformado!
    Eu nao inchei ainda nem nessa nem na primeira gravidez em compensação sairam varias estrias no peito,na bunda e agora na segunda gravidez as filhas da mãe resolveram aparecer na barriga também.Pelo menos vc tem a certeza de que depois que o bebê nascer seus belos pezinhos vão voltar ao normal e conseguir calsar os seus lindos sapatos.Agora eu sei que nem com o melhor cirurgião plastico vai conseguir tirar esse monte de codigo de barras de mim rsrsrsrsr.E eu nem engordei tanto assim foram só 13 na primeira gravidez e 5 ate agora com 36 semanas.
    Mais graças a Deus os nossos sofrimentos estão chegando ao fim e para recompensar tudo isso vira um lindo presente que durara pelo resto da vida que papai do cel e papai noel vai nos enviar.Os nossos pequenos que com certeza serão lindos e motivo da nossa existencia.

    Guenta firme ai só falta mais um pouquinho!!

    bjos

  • 15. BiuSloane  |  23/11/2009 às 11:25

    Vc fez o color doppler das artérias uterinas?

    Estou perguntando porque minha pressão sempre foi baixíssima, e meus pés ficaram muito parecidos com os seus durante a gravidez.

    No tal exame, apontou incisura bilateral das artérias uterinas, que, junto com outros fatores (como pés inchados…) indicam possibilidade de pré-eclâmpsia.

    Mais pra frente, no último mes, minha pressão passou a variar um pouco e nos cercamos de mil cuidados.

    Não tive nadica na gravidez nem no parto, que foi ótimo, mas regulei e muito o sal a partir de então, fiquei deitada, nada de estresses.

    Se cuida e bom parto!

  • 16. Carolina  |  23/11/2009 às 11:26

    Quando ví a foto do seu pé, comecei a rir tanto, porque o meu tá igualzinhoooo ! E os comentários são os mesmos, e as caras de espanto das pessoas é uma coisa de louco ! Que saudade do meu pezinho 35 … E esse negocio do pé crescer depois da gestação não é uma regra, mas aconteceu com a minha tia! Eu espero que comigo não aconteça porque tenho um xodó pelos meus sapatos … Bom, minha hora tá chegando, a médica disse que em no máximo 10 dias, ela nasce, e eu já tô excretando o tampão … Beijos Carol

  • 17. Fabiana  |  23/11/2009 às 13:21

    Estu de 27 semanas e os tornozelos inchados já deram o ar da graça.
    Nossa… e como latejam…

  • 18. Tathy  |  23/11/2009 às 18:57

    Então, os meus pés ficaram assim depois do parto…um horror, mas passou aêêêê!!!
    Bjsssssssss

  • 19. pridsm  |  23/11/2009 às 19:14

    vixe, dps do nosso papo de hj no tuí não preciso nem falar muita coisa né, ms sabe o que me deixa pior, é algumas pessas insistirem em achar que a gente tem que fazer certas coisas (como colocar um sapato – oiiii???) pra ir num casamento.
    Me deixa em casa pelada e descalça pelamordedeus!!!!

    bjus

  • 20. Carolina  |  23/11/2009 às 20:37

    Então, a historia do tampão foi assim: Acusou sangue na urina no meu ultimo exame. Fiquei desesperada, porque tava sentindo dor todos os dias. Daí pensei,”só falta ser pedra no rim, bem no final da gestação” … (Ai como a gente surta!) Falei com a médica, ela me examinou e disse que pela quantidade, era do tampão que tava saindo e as dores já eram as contrações me preparando pro parto, no mesmo dia que ela me examinou sairam umas gotinhas de sangue que ela disse que também era normal pela qtd que saiu mas depois parou… A secreção vaginal também aumentou e mudou de cor, tá mais amarelado, minhas calcinhas estão ficando uma melequeira só, um horror ! Tive que comprar carefree, porque assim num dá, né ? rsrsrsrs …
    Beijos

  • 21. Lu Brasil  |  24/11/2009 às 7:49

    Bicha, tu nao tava exagerando hein? Choquei, força aí amiga, daqui a pouco ja fica bom (oi?) e tu nem vai lembrar que tem pé. Muah

  • 22. Vera Lucia  |  24/11/2009 às 10:01

    Amiga, lembro-me dos meus pezinhos assim na gravidez…mas o pior era q a unica rasteirinha q me servia (pois tive q comprar, ñ tinha amigas com pés “mutantes”) a tal provocava um CHULÉ horrivel, meu Deus qtos perrengues passei viu? rsrs. Trocava de calçados, mas parece q o “cheiro”=odor ficava, foi duro me livrar!! Mas passou,passou!!!
    Beijos e boa sorte!!

    • 23. blogdagravida  |  24/11/2009 às 13:26

      Obrigada. Estou me sentindo muito melhor agora. Por que pelo menos chulé eu não peguei. E olha que cheiro ruim na gravidez…aff… meu nariz tá cada dia mais largo e mais poderoso. Sinto os cheiros de longe.

  • 24. Luciana  |  24/11/2009 às 10:40

    Ai, Jesus!!! Que dó de seus pés!
    Meus pés realmente não são os mesmos, assim como as minhas mãos… mas nada comparado ao que você está passando, amiga!
    Outro dia fui tirar fotos da barriga e quis colocar a aliança para aparecer na foto (delírio gravídico!) e a dita cuja agarrou no meu dedo que começou a ficar vermelho e a inchar mais e eu desesperada tentando tirar… depois ri sozinha!
    E por isso nem tento calçar meus lindos sapatos. Peguei 3 sandálias rasteiras 37/38 emprestadas com mamãe e só uso essas.
    Melhoras para você e seus pés!
    Beijos

  • 25. rozinha  |  24/11/2009 às 12:48

    Força na peruca, que tá chegando o dia!!!

  • 26. piscardeolhos  |  24/11/2009 às 12:49

    Fazia tempo que eu não chorava rindo. Muito prazer, estou te linkando NOW.
    Olha, o que dizer? Volta ao normal, bla bla bla.
    O problema é falta de proporcionalidade: se a unha inchasse junto ninguem notava?

  • 27. Liza  |  24/11/2009 às 13:46

    Os meus tbm ficaram assim e eu ouvia os comentários absurdos todos os dias como se eu fosse de um outro planeta ou como se tivesse elefantiase e nao um menino na barriga. Como num passe de mágica, assim que o nenem nascer, tudo volta no lugar e a gente nem lembra disso a nao ser qdo le no blog de uma grávida.
    Beijos

  • 28. Dany Rabelo  |  24/11/2009 às 16:21

    Olá, leio o seu blog desde que descobri que estava grávida (hoje estopu no 7º mês), adoro tudo o que você escreve, mas sempre me faltou motivo (ou coragem) para comentar, mas esse drama dos pés super inchados…
    Bom linda, é o seguinte, você já tentou drenagem linfática? Essa maravilha está sendo a minha salvação. Diminui muuuuuito o inchaço e ainda deixa a gente bem relaxada. Bom é isso, se ainda não tentou, experimente, acredito que te ajudará muito.
    Bjos e força nos calcanhares, rs

  • 29. Leticia Volponi  |  25/11/2009 às 8:51

    Menina, é impressionante como grávida escuta comentários estúpidos, né? Meus pés incharam muito pouco, graças a Deus, mas ainda assim incomodavam muito. O bom é que logo depois do parto eles já começam a voltar ao tamanho normal

  • 30. Bianca  |  27/11/2009 às 21:30

    KKKK, os meus estão exatamente assim…

  • 31. MAXIM  |  02/12/2009 às 15:55

    me são lindas! Eu amo massagem nos pés inchados! Faça mais fotos?

  • 32. Ana Paula  |  07/12/2010 às 22:47

    Nao te conheco mas deu muita risada e ateh me emocionei com o seu texto.
    Estou na semana 34 de gestacao e passando por tudo oq relatou.
    Bom saber que nao estou ficando doida e meus sentimentos sao bem parecidos ou ateh iguais de outras gravidas.
    Boa noite e tudo de bom p vcs!

  • 33. Beatriz de f kussen  |  08/02/2011 às 20:23

    amiga vc escreve,muito bem faça um livro Párabéns e muita saúde pa esse anjinho.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: